A escolha da escola perfeita!

IMG_7138

Será que existe escola perfeita? Na minha opinião é super pessoal o que pode ser perfeito para meus filhos pode não ser para o de vocês entende?

Sei que o ano letivo já começou há quase três meses. Mas para aqueles que iniciaram esse ano estão contentes? Ou aqueles que estudam em escolas pequenas somente até 5/6 anos já sabem pra onde os filhos vão? 

A Júlia tem mais esse ano e o próximo na escola que estuda, e eu já me pego pensando em o que fazer, até porque tem a Letícia que vai acompanhar, não dá pra ter um em cada escola né ainda mais em São Paulo. Tudo indica que ela continuará na mesma escola mas em outra unidade e bairro, por isso a minha dúvida ainda. 

Quando escolhi a escola foi tipo amor à primeira vista, mas lógico que vários favores pesaram na escolha:

  • a alimentação, pois ela tinha intolerância a lactose e precisava de cuidados.
  • Os ambientes, divisão de salas, áreas da refeição e brincadeiras.
  • Ser bilíngue não era prioridade, mas é e pago a minha língua (achava super desnessesário) me enganei e hoje amo e agradeço por ela ser.
  • E não queria escola com piscina de jeito nenhum!   

Pra não escolher logo de primeira visitei outras pelo meu bairro mesmo, acho legal a escola ser próxima de casa ou do seu trabalho. E fui em uma que o lanche oferecido a maioria dos dias era pão de queijo 🙈 A Júlia não ia poder comer então já exclui. As que elas estudam é super saudável, o cardápio muda toda semana! Hoje à Lelê que tem a intolerância  e a tia da cozinha já faz a comidinha dela separada quando é algo que ela não pode, que carinho né?

Outro fator que influencia muito na hora da escolha são os tipos de metodologia que tem várias opções hoje, eu sinceramente não escolhi por isso, mas no fim adorei a escolha, a escola delas é construtivista que é uma linha pedagógica que defende que o conhecimento e o saber não devem ser passados prontos do professor para o aluno. Pelo contrário, devem ser construídos pelo aluno por meio da exposição de situações, formulações de hipóteses e atividades interativas. A ideia é que o jovem seja colocado em um ambiente estimulante e criativo, para que possa desenvolver sua própria linha de raciocínio a fim de desvendar e explicar os acontecimentos do mundo. (Trecho explicando o método retirado do site www.novosalunos.com.br) .

E para vocês? O que pesou na escolha? Estão satisfeitos? 

Beijos

Lu 

Escrito por Luisa Mollo

Deixe uma resposta